8 de junho de 2014

Pezinhos com Vinagrete de Coentros




«Aproveitando ao máximo a riqueza dos seus recursos e sabendo compensar com extraordinária habilidade as suas limitações, o alentejano criou uma cozinha única, sólida, nutritiva e surpreendentemente saborosa, que não é mais, afina, do que o espelho fiel da sua própria maneira de ser»
Manuel Fialho




Já Estrabão, um geógrafo próximo da romanização das Ibérias, registava, como fator importante do comércio desses tempos, a capacidade dos turdetanos do Alentejo de fazer viajar o seu excelente e cobiçado azeite até à exigente Roma.


No monte, a  faina  gastronómica  era pautada  pela  matança do porco,  uma  autêntica demonstração de poderio económico e de convívio social, expressa na produção de reservas alimentares, os famosos  enchidos alentejanos, omnipresentes, durante todo o ano, na  mesa familiar dos mais abastados.





Introduzido nas regiões do sul pelos invasores romanos, o suíno encontrou no Alentejo condições ideais de pasto e reprodução, adaptando-se ao meio e transformando-se num aliado alimentar com aproveitamento total. Líder dos pratos de carne, o porco impõe-se localmente pela originalidade e regionalismo do processo culinário.

Mas nem só da mesa farta dos ricos, reza a história gastronómica dos povos alentejanos. Ao lado dos que tudo têm, vão medrando como podem os outros, os que não matam porco, nem colhem frutos de terra que seja sua. 






Avessos a virar as costas ao fascínio da planície em que nasceram, esmeram-se num autêntico jogo alquímico de precioso efeito gastronómico substituindo o conduto pelas ervas aromáticas, aliadas ao pão e a um pouco de azeite.
Manuel Guimarens. Do livro, Cozinha de Portugal de Maria Odette Cortes Valente

Ingredientes

6  pezinhos de porco
1  cebola pequena
2  folhas de alho francês
1  cenoura pequena
4  cravinhos (cravos-da-India)
1  litro de água
sal

preparação

Salgue, de véspera, os pezinhos de porco arranjados e partidos ao meio (raspados e chamuscados, pode faze-lo com o maçarico) lave muito bem e reserve. No recipiente em que for cozinhar coloque a cenoura cortada ao meio, a cebola com os cravinhos espetados, a folha de alho francês e os pezinhos, leve a cozer, em  água abundante e lume brando até a carne se despegar dos ossos.

Se utilizar uma panela de pressão, cubra tudo com água  e deixe cozer por cerca de 15 minutos. Findo este tempo, retire e reserve sem a despressurizar. Escorra com cuidado para não danificar a carne e deixe-os arrefecer sem ficarem muito juntos para não colarem. Não salgo a água da cozedura, a salmoura feita de véspera vai dar o tempero suficiente.



Vinagreta de coentros e pimento





Ingredientes

2  pés de coentros
3  dentes de alho bem picados
1/4     de pimento vermelho, picadinho
1  colher de sopa de vinagre balsâmico
1/2 dl de azeite
piripiri de conserva em whisky
pimenta preta moída no momento
sal




Preparação

Use, só as folhas do coentro e com os dedos ripe as folhas em pequenos pedaços, umas pedrinhas de sal e os restantes ingredientes. O piripiri, se gostar, pode usar inteiro como decoração. Moer a pimenta sobre os pezinhos. Antes de servir, coloque no frigorífico durante (pelo menos) 1 hora.

Podemos fazer pequenas magias com as vinagretas, é só imaginar, os sabores que um prato pode alcançar com uma mistura bem equilibrada de ervas e especiarias.

Esta receita é a prova desse imaginar... Como não sou apreciadora de pezinhos de coentrada, criei uma receita com os meus... Sabores !!





As fotos e a receita são de minha autoria. Receita testada e aprovadíssima, pelos amigos que connosco a partilharam!



12 comentários :

  1. Querida Rosa: vir aqui não é só poder apreciar uma genuina receita regional. É também ficar a conhecer um pouco da história do nosso povo e dos seus costumes gastronómicos.
    Os teus pezinhos estão com um aspeto maravilhoso.Um petisco que apetece provar e esta vinagreta deve ser uma verdadeira delícia.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. O meu marido gosta muito de pezinhos .
    Gostei desta receita vou levar acho que ele vaia gostar
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi rosa,
    Gostei muito do texto, meu marido adora a culinária alentejana, quanto aos pezinhos de porco, não se se gosto, rsrs, nunca provei, a apresentação ficou apetitosa.
    Boa semana, beijos,
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga Rosa, gosto muito do seu cantinho, saímos daqui sempre deliciadas, e com um belo aprendizado. A cozinha alentejana aproveita ao máximo a riqueza dos seus recursos, e dizem que é muito saborosa e nutritiva né Rosa. Percebe-se pela deliciosa receita que vc trouxe hoje. Aqui em casa adoramos carne suína e esses pezinhos estão de dar água na boca
    Um belo prato. Beijinhos amiga, espero que estejam todos bem em sua casa. Boa semana

    ResponderExcluir
  5. Que perdição!! Adoro! Beijocas

    ResponderExcluir
  6. ola minha querida como vai voce espero que esteija tudo bem com voce adoro este pratinho que esta 5* se apanha-se aqui ao pé de mim nao digo nao comia tudinho hummm delicia adorei beijinhos grandes e tudo de bom uma feliz semana

    ResponderExcluir
  7. Rosa minha querida,
    vir ao seu cantinho é sempre um aprendizado a mais, belas informações e deliciosas
    receitas.
    Eu amo pezinho de porco bem temperadinho, vou fazer o meu esposo tbm gosta muito
    desse prato.

    Bjs, feliz semana junto a sua família ♥

    ResponderExcluir
  8. Sem dúvida,os temperos são muito importantes no preparo do alimento.Seu prato está com aparência maravilhosa,deve ter ficado delicioso.Gostei das informações.
    Bjs,tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  9. Que grande petisco este Rosa. Eu não aprecio, mas a minha mãe até lambia os beiços se visse este teu post e o aspecto fenomenal destes pezinhos!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderExcluir
  10. Minha doce Rosa,

    Sempre aprendo tanto aqui no teu acolhedor cantinho que é sempre um prazer imenso visitar-te ! :)
    Adorei ler e a bem da verdade, o nosso Alentejo é riquíssimo na sua gastronomia e nos seus costumes... é uma zona que adoro visitar uma e outra vez ! :)
    Os pezinhos estão com um aspecto fabuloso amiga e adorei todas as fotos... tão lindas, tão luminosas... esse vinagrete está uma tentação, adorei !

    Muitos beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  11. Olá Rosa, vim retribuir a visita e adorei tudo o que vi. Muito completo o blog e cheio de coisinhas muito boas.
    Bj

    ResponderExcluir