18 de fevereiro de 2013

Biscoitos Mimosos... e um bater de Saudade







Gostava de poder passar de mansinho pelos momentos em que me sentava com os meus filhos a fazer os deveres da escola. Sentia-me forte como se o mundo não demovesse os meus anseios e vontades.

Ser-se jovem é assim e o encantamento e o amor quando existe, envolve-nos de energia dessa essência... que é a vida! 

Não se escolhe saber ser forte e saber também, lutar por ideais. Esses, que estando presentes na nossa vida... são batalhas que vencemos e nos sentimos mais fortes.

Da escola passam ao liceu e sem dar conta já estão na faculdade! Mas mesmo crescidos continuam a ser os nossos meninos! 

É um privilégio poder, e saber recordar e, os meus anos, vão-se acumulando um de cada vez, sem avisar!

E nesse baú das recordações... encontrei também; esta receita de 1997 e da revista Vaqueiro, que gostava pela sua qualidade.




Ingredientes
125 g de açúcar
125 de margarina liquida
1 ovo
125 g de farinha
125 g de farinha maizena
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação
Bata o açúcar com a vaqueiro liquida. Adicione o ovo e continue a bater até obter um creme ligado. Junte as farinhas peneiradas com fermento e misture bem.
Molde em bolinhas e coloque-as bem espaçadas, sobre um tabuleiro polvilhado com farinha. 
Lave a cozer em forno moderado (180º) durante cerca de 20 minutos. Retire os biscoitos com uma espátula e deixe arrefecer sobre uma rede.


20 comentários :

  1. Que biscoitos com tão bom aspecto!! Ficaram um mimo :)

    Beijinhos e boa semana*

    ResponderExcluir
  2. Olá, prazer em visitar-lhe.

    Adorei esse post e o equilíbrio da receita.
    Devem ficar maravilhosos esses biscoitos.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Rosa, querida amiga, a nostalgia do tempo passado com os filhos assola-me muitas vezes. Apetece rodar a manivela ao contrário, mas não conseguimos!
    Porém, todos os momentos, passados, presentes e vindouros são bons. Temos de saber aproveitá-los e darmos o devido valor a cada momentinho.
    Compreendo perfeitamente essa saudade.
    Os bolinhos estão uma gracinha.
    Gostei muito.
    Beijinhos e muita coragem, querida amiga.
    Maria

    ResponderExcluir
  4. oi Rosa belas recordações, e os biscoitos estão bem apetitosos bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosa, recordar é viver como ja diziam.Os filhos mesmo que grandes serão sempre nossos meninos.Para nós eles nunca crescem.Estes biscoitos ficaram lindos e para durarem tanto tempo como favoritos devem ser deliciosos.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Rosa,
    Essas recordações desses momentos imortalizados são puros flashes de felicidade.
    Gostei muito dos deliciosos bolinhos e do post.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  7. Olá Rosa, bom dia!
    Que lindo seu texto, cheio de recordações!
    Eu amo fazer biscoitinhos, os seus ficaram lindos e com
    gostinho de boas lembranças melhor ainda!

    Beijos, ótima semana!

    ResponderExcluir
  8. Ideais para um lanchinho :)
    Susy

    ResponderExcluir
  9. Olá Rosa,
    um texto de saudade e emoção :) super carinhoso.
    E que biscoitos lindos, com sabor a outros tempos.
    Um beijinho e espero que esteja bem.

    ResponderExcluir
  10. Queridos amigos!
    É sempre uma enorme alegria que leio todos os comentários!
    E como me ajudam a recuperar!! obrigada pelo carinho.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  11. Que partilha fantástica! São esses pequenos momentos que enchem o nosso coração e é bom recordá-los.
    Adorei os biscoitos.
    Beijinhos e tudo de bom

    ResponderExcluir
  12. Eu já sinto mesmo mta saudades já da minha pequena, e ela tem 12 anos!!! Ai...
    esses bolinhos estão um miminho!!!
    beijinhos querida

    ResponderExcluir
  13. Lindos biscoitos, devem ser muito saborosos...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Que lindo e saudoso texto Rosa, sinto muitas saudades da minha filha quando era pequenina, quando era tão minha, mas os filhos são para o mundo, tem a vida deles, pois como já vivemos a nossa, a vez é deles agora, e lembranças assim com biscoitinhos deliciosos e cheios de boas recordações é que faz tudo valer a pena, dando a nós um sentimento de dever cumprido, mesmo achando que nosssos filhos ainda serão sempre nossos pequenos bebês. Adorei, lindos, deliciosos sem dúvida nenhuma. Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Esses biscoitos tem aparência e cheiro de saudade. Minha mãe sempre fazia.
    E agora eu faço, a vida é assim tem fases. Mas temos que lembrar e viver os bons momentos.
    Bjos e tenha um dia maravilhoso.

    ResponderExcluir
  16. Querida, desculpa...
    Não sei como deixei passar estes biscoitos tanto tempo sem os comentar...
    Já os tinha visto no Facebook e tinha adorado e não vim cá... mas agora já cheguei para me deliciar com as fotos lindas destas delicias...

    Além disso adorei ler-te, com sempre adoro, conheço a tua nostalgia mas ao contrário, saudades de Pai e Mãe reunidos com Avós, em que tudo se encaixava na perfeição, em que todos eram tão felizes, em que o pouco tanto represntava nas nossas vidas e quase nada mais fazia falta a não ser os sorrisos, os afectos, os abraços...

    Amiguinha, as recordações dos bonitos tempos antigos tornam-nos mais fortes e servem de apoio e muleta para enfrentar as adversidades da vida !

    Recebe o meu Abraço forte e um Beijo muito grande de Amizade ! :-)

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt


    ResponderExcluir
  17. Olá minha querida Rosa,

    Estes teus lindos biscoitos acompanhados por um texto saudoso e nostálgico fizeram-me voltar ao passado. A momentos lindos de amor e companheirismo que voltam fortes e me enchem de saudades de uma pequena que já está a crescer. São estes momentos, plenos de carinho, amor, amizade que nos tornam as "super mulheres" que somos, capazes de enfrentar todas as adversidades da vida por aqueles que mais amamos.
    Ofereço-te um miminho para esta tua linda e maravilhosa cozinha; o selo Best Blog. Está disponível em http://saborescomtempo.blogspot.pt/2013/03/best-blog.html.

    Bjnhos e uma semana maravilhosa.

    ResponderExcluir
  18. Engraçado como a comida que preparamos tem esse poder de nos trazer de volta a saudade, a nostalgia, a alegria de tempos idos...
    Uma delicia preparada há tantos anos faz repetir na memória e no nosso coração os momentos alegres que partilhamos com nossos amados, e que faz tão bem repetir
    Baú cheio de recordações, aromas de muito amor!

    ResponderExcluir
  19. Olá Maria: Gostei muito de ler o seu texto,um pouco nostálgico ,mas muito bonito. Os filhos crescem mesmo tão rapidamente. Num dia estão a entrar para o 1º ano e no seguinte já estão a acabar a faculdade.
    Estes bolinhos têm aquele ar caseiro, de bolinhos de conforto, que se saboreiam ,com calma e sem pressas, numa tarde chuvosa ( e não só).
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir