18 de agosto de 2014

Bolo de Ananás com Chantily


















Sou fã incondicional de chantily... mas preparado com natas frescas Longa Vida, são as que utilizo, e adoço com açúcar em pó. Foi assim que aprendi em 1973, quando regressei a Lisboa, vinda de Moçambique. 

Em Lisboa existe a tradição duma grande variedade de bolos com Chantily: os éclaires, duchezes, tíbias, os russos - uma especialidade da pastelaria Suíça, e outros... Não era prática os bolos fatiados, mantendo-se a pastelaria tradicional.

No início da década de 80, na baixa Lisboeta à  Rua da Prata, abria as portas a grande inovação de oferta na área da pastelaria. Grandes e fascinantes bolos fatiados e com a característica de  serem encharopados com caldas variadas. Recheados com frutas e chantily que cobria todo o bolo.

















Recordo que cobravam por cada fatia de bolo um valor considerável... mas correspondia à qualidade  e variedade que as vitrinas exibiam. Para lanchar era necessário esperar sempre por uma mesa. Era a novidade e a qualidade que faziam a diferença.

Este ano para o aniversário da minha filha, recreei um pouco desses momentos recheados de episódios gratuitos mas tão valiosos. Fiz com ananás, que é o que ela mais gosta .







Ingredientes

2 pacotes de natas, longa vida
60 g de açúcar em pó
1 lata grande de ananás em calda, de boa qualidade
frutos vermelhos para decorar

1 bolo de Iogurte  feito em forma de 26 cm

Preparação

Faça o bolo com iogurte simples para não alterar o sabor do ananá em calda, e reserve.
Depois de frio corte-o ao meio. Uma metade coloque no prato que vai servir o bolo, a outra metade coloco-a sobre uma base de tarteira, porque como o bolo vai ser bem encharopado deve que ser manuseado com cuidado para não partir.







Se quiser divida a calda e regue bem cada base, de forma a todo o bolo ficar molhado por igual e reserve. Para bater as natas coloque com 20 minutos de antecedência, a taça e as varas da batedeira no congelador. Quanto às natas, deverão estar várias horas no frigorífico, mas  na zona menos fria.

Gosto de utilizar para o chantily o açúcar fino, tem um paladar menos doce e realça mais o sabor das natas. Deve passá-lo pela peneira para se dissolver bem nas natas. Coloque as natas na taça e comece a bater em velocidade média, se a batedeira for de fraca potência pode aumentar a velocidade.

Só após as natas começarem a engrossar ligeiramente é que deve acrescentar o açúcar aos poucos, continue a bater um pouco mais forte, mas atenta para não bater demasiado e virar manteiga. Esta tapa deve ser só executada no momento que vai completar o bolo.

Pela foto pode ver a quantidade de ananás que tem que reservar, mas pode usar a decoração ao seu gosto. Ao restante ananás corte em pequeninos pedaços e reserve. Comece então: Coloque 4 colheres de sopa bem cheias de chantily sobre a primeira base e espalhe, salpique com os pedacinhos da fruta e coloque a segunda base sobre o bolo recheado, na base da tarteira, facilmente a vira para cima do bolo.




Aconchegue e termine da forma que mais lhe agradar. Este foi frisado nas laterais e cobri os espaços com beijinhos de chantili. Deve ir de imediato para o frigorífico, mas se tiver a arca disponível coloque-o por 30 minutos e seguidamente fica no frigorífico até ao momento de servir.

E bem fresquinho... Este bolo é uma delícia!!






Estando bem fresquinho... É uma delícia!!

16 comentários :

  1. Que lindo, parece mesmo de pastelaria

    ResponderExcluir
  2. Rosa minha querida,
    imagino a alegria da sua filha em saborear um bolo lindo feito com carinho
    p/ celebrar a festa de aniversário dela.
    Eu adorei a combinação dos ingredientes, ficou lindo e irresistível!

    Que as bençãos de Deus esteja sempre em seu lar!
    Bjs ♥

    ResponderExcluir
  3. Querida Rosa, que lindíssimo seu bolo. Sempre ouvi dizer maravilhas da doçaria conventual do seu país, dizem que os doces portugueses são os melhores que há, e não duvido disso. Antigamente aqui até existiam doçarias boas, porém, agora os doces já não são tão bons como antes. O bolo que vc fez a Filipa, ficou maravilhoso, adoro abacaxi com chantilly, acima de tudo este bolo está cheio de amor certamente, pois tens uma filha muito querida. Parabéns a Filipa, muitos e muitos anos de vida, com muita saúde, felicidade, e que Deus a proteja sempre. Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ficou bem lindo e guloso este bolo!
    Parabéns.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu também adoro chantilly e uso bastantes vezes
    Esse bolo ficou tão lindo
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Esta bolo foi o primeiro que arisquei fazer , e foi
    aprovado , todos gostaram.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga: não duvido nem por um momento que este belo bolo é uma autentica delícia!!! Chantilly com ananás é uma combinação maravilhosa e a tua filha só pode ter gostado. Já agora os meus parabéns à tua menina e que a data se repita por muitos e muitos anos. Tão bom ter uma mãe assim talentosa, que para além de ser uma ótima cozinheira é também uma excelente doceira. Gostei muito da decoração, simples,mas com um belo efeito visual. ( Obrigada pela minha fatia, estava mesmo deliciosa,rsrs).
    Bjs, amiga
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Ananás (aqui abacaxi) é minha fruta preferida.
    Nossa,esse bolo está tentador.Eu quero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Rosa,
    Que bolo maravilhoso e de fruta é simplesmente irresistível, amei.
    Beijos,
    Vânia

    ResponderExcluir
  10. Olá Rosa!
    Não duvido que esse bolo tenha ficado uma delícia e tenha sido apreciado por todos aí em casa. É um bolo que me recorda da infância, pois uma ou outra vez o clássico bolo coberto de chantilly e com ananás (combinação deliciosa) aparecia lá por casa.
    A decoração ficou linda e tendo sido feito com natas de qualidade, só pode ter ficado irresistível.
    Um beijinho e votos de uma boa semana. ;)

    ResponderExcluir
  11. Oi Rosa,
    que combinação deliciosa, lindo bolo, ainda mais sendo feito com o carinho de mãe pra filha, só pode ter sido um sucesso!
    Feliz semana, bjs!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo seu blogue cheio de belas receitas!

    Convido-a a visitar o meu cantinho:
    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Querida amiga,

    este bolo ficou tão lindo e bem delicioso. Adoro bolos de ananás e a massa deste ficou tão finha que me convida a uma fatia.
    Parabéns!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde, a decoração com chantilly nao desmancha se for ao frigorifico de um dia para outro?

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, a decoração com chantilly nao desmancha se for ao frigorifico de um dia para outro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola :)
      Só utilizo natas Longa Vida para fazer o chantill. Anata deve estar bem refrigerada sem ser em demasia, e antecipadamente por +/- meia-hora, coloque o recipiente com as varas de bater no frio algum tempo. Tenha o açúcar na mesa de trabalho (2 colher de sopa bem cheias, por cada pacote de nata).Comece a bater as natas em velocidade média e quando verificar que já tem um pouco de consistência, adicione o açúcar aos poucos e aumente a velocidade da batedeira, tendo o cuidado de não o fazer em demasia, (pois pode virar manteiga). É importante que ao terminar de bater a consistência seja bem firme para obter o resultado pretendido. Frise, decore o bolo a gosto e leve de imediato ao frigorífico, podendo até iniciar, por coloca-lo 30 minutos no congelador, voltando depois para frigorífico. Se não sofrer alterações de temperatura, a decoração manter-se-à bem. Espero ter ajudado e a escolha deste bolo é ótima.
      Beijinho

      Excluir