8 de agosto de 2014

Pimentos Padrón... com Lulas





Cultivado há mais de 7000 anos,  o Pimento Padrón, é uma espécie originária da região do Perú-Bolívia. Foi expandido para a América Central, passando o México a ser o centro da diversificação da espécie.



Das Caraíbas, Cristóvão Colombo trouxe das primeiras plantas de Capsicum (pimento) para Espanha, mais precisamente para a Vila de Padrón e de onde se dispersou pelo Velho Mundo.




Este tipo de pimento, é pequeno e de forma alargada, cônica e ligeiramente rugosa. Internacionalmente conhecido e apreciado. Consome-se verde e frito em azeite, de sabor intenso, pode ser muito ou pouco picante - esta caraterística está na origem de um dito popular Galego: «Coma os pementos de Pádron: uns picam e outros non»

Se desejar pimentos padrón picantes, não regue uns dias antes de os apanhar. Assim irá ativar a formação da capseína no pimento que lhe confere um sabor picante. Também após a apanha, se Deixar passar algum tempo antes de os consumir, os pimentos padrón irão adquirir o sabor picante.







Ingredientes

15 pimentos padrón
  7 a 8 lulas
150 ml de azeite
1  dente de alho
1  colher de sopa de vinagre balsâmico
Flor de sal, de preferência
Pimenta de moinho


PIMENTOS PADRÓN - CUBA. 



Preparação
  1. Depois de ter as lulas limpas, deve seca-las muito bem, em várias folhas juntas, de papel de cozinha, no mínimo por 15 minutos.
  2. Cortar a pontinha da extremidade inferior, com um pequenino golpe.
  3. Retirar um pouco de azeite da quantidade total e deitar na frigideira de forma que o fundo fique ligeiramente coberto. Quando começar a fumegar, juntar todos os pimentos de uma vez, temperatura média alta e mexer continuamente os pimentos, com dois garfos de madeira ou com outros utensílios. Estando louro escuro, retire e mantendo em lugar aquecido. 
  4. De imediato, deitar igual quantidade de azeite e aumentar a temperatura do lume para o máximo. Só adicione as lulas quando o alho cortado em laminas, estiver bem lourinho. Assim que introduzir as lulas no recipiente mexa continuamente para que as lulas fritem e não comecem a suar, caso surja algum liquido, com uma pinça e papal de rolo de cozinha, absorva-o e coloque mais um pouco de azeite. É uma etapa muito rápida, não devendo ultrapassar cinco minutos. Se as lulas estiverem muito tempo no lume, podem ficar rijas e secas. 
  5. Estando louras (como na foto) retire e junte-as aos pimentos. Tempere com o sal, com o restante azeite e o vinagre balsâmico.
  6. A quantidade de azeite  e vinagre balsâmico pode ficar a seu gosto.  
  7. Acompanhei com tomate sweet baby, pelo cor que transmitiu e aliadamente ao paladar.
  8. Esta iguaria eu utilizo-a como entrada, mas se gostar faz uma deliciosa refeição.




11 comentários :

  1. Rosa adorei essa receita ficou uma entrada deliciosa bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  2. Seus pratos Rosa,como sempre no capricho.Só de olhar já apetecem.
    Beijos,tenha um feliz domingo.

    ResponderExcluir
  3. Gostei imenso desta sugestão, querida Rosa.
    Tem um excelente aspecto e, apesar de eu não gostar de lulas, estou bem tentada a experimentar.
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  4. ola amiga como sempre um bonito texto e tb uma receita maravilhosa adorei ai mesmo adorar receber uma receita com uma historia da tua parte para o meu programa ia ficar tao feliz amiga vai ao meu blog e vais ver como fazer ia ficar mesmo tao feliz espero contar contigo beijinhos um feliz domingo

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Rosa,
    Ótimo post, lindas fotos. Adorei a receita não só pela linda apresentação como pela combinação de ingredientes.
    Beijo, boa semana,
    Vânia

    ResponderExcluir
  6. Olá querida Rosa, bom dia!
    Adorei saber a origem do pimentão, suas postagens são completas,
    receitas maravilhosas e fotos lindas!

    Beijos, feliz semana junto a sua família ♥

    ResponderExcluir
  7. Que aspecto maravilhoso!!

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga Rosa, estou como sempre atrasada nas minhas visitas, peço-lhe minhas sinceras desculpas. Assim que puder mande noticias da sua Filipa. Ela, assim como minha filha estão em minhas preces todos os dias. Tenho fé que virão noticias boas, e esses sustos vão ter um fim. Força minha querida amiga.
    Adorei seu prato, essas pimentinhas sempre tenho em casa, não são muito fortes e adoro-as
    Sua refeição está bem ao meu gosto, além de ter ficado um belo visual. Beijinhos com carinho

    ResponderExcluir
  9. Querida Rosa: gosto muito de pimentos padron e, como sempre, fiquei a saber mais um pouco sobre eles. Este prato está cheio de cor e imagino o sabor delicioso! Como entrada deve ser um sucesso,mas como refeição leve também serve perfeitamente.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  10. Uma receita deliciosa e bem ao meu gosto. Adoro.

    ResponderExcluir
  11. Oi Rosa, boa noite!
    Teu prato ficou com um colorido lindo e certamente ficou delicioso também. Adorei as informações sobre o pimentão.
    Bjsss querida e uma noite abençoada p/vcs

    ResponderExcluir