30 de julho de 2015

Tarte folhada de Carne com Batata Gratinada... um almoço singular !!






O nosso almoço no Domingo, em família, foi até sui generes para o habitué gastronómico do meu marido. Tinha sobrado ainda bastante recheio das empadas (que ele não gosta), mas como de massa folhada todos adoram: estava decidido o almoço. Faltava-me mais qualquer coisa... acompanhar a empada só com salada.... ora! Não estávamos de regime. 
Batata gratinada seria excelente, a receita é um pouco light, mas muito agradável. Comparo as batatas gratinadas, aquelas receitas, que tendo todas o mesmo nome.. falta-lhe o apelido...
Esta é uma receita tipo inglesa, muito simples mas que acompanha muito bem assados e grelhados.




Não tive oportunidade de tirar as fotos antes de ir para a mesa... e mais tarde, a máquina não pode fazer milagres.




Ingredientes para a tarte
  • Forma, tarteira com 30cm de diametro
  • Pré aquecer o forno a 250ºC

500 g  de massa folhada, comprei uma embalagem com duas placas de 250 g cada uma, de massa folhada
700 g de carne, já cozinhada e picada
1,5 dl de molho da carne
300 g de molho bechamel
1  ovo
Papel vegetal 

Preparação

Forre a forma com o papel e reserve. 
Leve ao lume um recipiente, e deite a carne e o molho, misture e deixe aquecer bem, adicione o bechamel e começando a ferver retire e deixe arrefecer bem. A massa folhada não reage bem a recheios quentes.

A massa folhada só deve ser preparada depois do recheio frio. Forre a forma com a massa deite o recheio e espalhe bem. Coloque um circulo de massa a cobrir a forma e una as beiras com as duas massas juntas. Dilua a gema com uma colher de chá de leite e pincele a tarte. Com o cabo de uma colher de pau e bem no centro da tarte, fure a massa fazendo uma uma abertura, tem a função de  deixar  o vapor sair e tornar a massa crocante.

Leve ao forno e baixe a temperatura para 200ºC (se a temperatura do forno for forte) se alourar muito depressa, coloque um tabuleiro por cima. Mantenha esta temperatura de 20 a 30 minutos, e baixe para 140ºC por mais 20 minutos. Retire do forno, pegue nas pontas do papel vegetal tire da forma e ponha sobre uma mesa, com duas espátulas transfira para uma travessa.


.



Ingrediente para a batata gratinada

1 kg de batata para cozer, que não se desfaça 
2,5 dl de leite, meio gordo ou magro
2 dl de caldo de galinha, dissolvi 2/3  de caldo knorr na água
Nóz moscada
Pimenta preta de moinho
sal
1 pacote de queijo ralado do Dia gosto do, ralado 4 Queijos, bom para gratinar 


Preparação

Descasque as batatas e corte em rodelas finas, espalhe-as   bem acamadas na assadeira. O recipiente deve  permitir que as batata  não fiquem  com muita altura. Polvilhe   generosamente com noz moscada  e a pimenta moída. Aqueça bem o leite com a água, o caldo knorr e umas pedrinhas de sal, verta sobre as batatas por forma que os temperos com que as polvilhou penetrem no seu interior. 

Tape com uma folha de alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC. O tempo de cozedura depende da qualidade da batata. Convém verificar 30 minutos depois, espete com um garfo, quando estiverem quase cozidas espalhe o queijo e baixe o lume para 150ºC até o queijo derreter e alourar.

Não querendo usar queijo, coloque nozes (pedacinhos) de manteiga e polvilhe com bolacha de água e sal mal triturada.



11 comentários :

  1. A tarte ficou boa e essa batata gratinada é de comer e chorar por mais! Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Muito gostoso, nunca fiz a carne com a massa, deve ficar uma delícia!
    Beijos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  3. tem um aspeto maravilhoso, impressiona qualquer pessoa e simples


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderExcluir
  4. Mas que aspecto maravilhoso Rosinha, gostei tanto, bjinhos

    ResponderExcluir
  5. Querida Rosa, aqui em casa todos nós gostamos muito de batatas, feitas de vários jeitos, pois a batata é lá um legume bem versátil, que nos faz usar de criatividade para uma infinidade de receitas. Essa tarte folhada ficou linda e o gratinado de batata um espetáculo, um almoço gostoso, leve e que faria o gosto de todos. Belas fotos . Beijinhos. Tenha um lindo dia

    ResponderExcluir
  6. Olá Rosa, adorei o teu almoço domingueiro! Cá em casa seria muito gabado!
    bjns

    ResponderExcluir
  7. Querida Rosa: bela maneira de aproveitar o recheio, que desta maneira não se perdeu. Massa folhada agrada sempre a todos e a tua tarte ficou bem bonita. As batatas gratinadas estão com tão bom aspeto que, à primeira vista, pensei que eram elas o folhado. Um excelente acompanhamento!
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. oi Rosa adoraria provar esse almoço bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  9. Olá Rosa!!!
    Olha, te garanto que a sua máquina fotográfica fez milagres sim, um deles foi me deixar completamente aguada para experimentar o prato! rsrs
    Combinação simplesmente divina!
    Beijos! =)

    ResponderExcluir
  10. Querida Rosa,
    Uma refeição muito British sem dúvida e eu adoro todos os componentes envolvidos nesta refeição, para mim, magnífica!!
    Um beijinho e bom fim de semana,
    Lia

    ResponderExcluir