26 de maio de 2016

Queijadinhas de Coco






 "Aromas e Sabores da Doçaria conventual"... com história !!

Cremosa e de pequeno tamanho, a queijadinha regional, faz também parte do nosso património gastronómico.




De Norte a Sul, as queijadas são muitas e especiais... por ora... ficamos com estas quatro, mas, com muita história...

Conta-nos... O Caminheiro de Sintra -Ter-se encontrado referencias às "Queijadas de Sintra" como fazendo parte de pagamento de foros, no ano de 1227 (Século XIII), quando reinava D Sancho II. O Capelo (podem-se consultar documentos arquivados na Torre do Tombo, que o atestam).

"Donas Amélias" são uma receita típica  da Ilha Terceira, tendo a sua origem em 1901, a quando da visita régia da rainha D. Amélia e do rei D. Carlos pela Ilha Terceira. Os habitantes da ilha ofereceram ao Rei e à Rainha como forma de agradecimento, as queijadas, atribuindo  assim o nome da Rainha aos doces, como forma de homenagem.
              
"Brisas do Lis" autenticas embaixadoras da gastronomia da cidade e região de Leiria. Estão associadas ao antigo Convento de Santana, hoje demolido, onde as religiosa se dedicavam ao seu fabrico. O segredo da receita deste doce conventual foi passado por uma freira a uma senhora muito devota e sua amiga, proprietária do café Colonial. Este café ainda hoje existe, sendo o mais antigo e conhecido da cidade. O fabrico das Brisas de Lis foi-se espalhando pelas pastelarias de Leiria sendo muito procuradas não só por quem a visita mas também pelos seus habitantes.

"Queijada de Pereira"  é um doce tradicional da freguesia de Pereira, concelho e Montemor-o-Velho. Fazendo parte da memória coletiva deste lugar desde tempos remotos e sendo referenciada no Foral Manuelino de 1513. O seu modo de fabrico artesanal tem sido transmitido através das gerações, e executado apenas por mulheres...
A divulgação e preservação deste doce a cargo por gentes de Pereira, que à quase duas décadas tem vindo a organizar a festa da queijada acarinhando assim, as tradições.




As queijadinhas que trago hoje são atuais ( falam por si, os ingredientes) mas também deliciosas. Acredito que vão gostar !!

Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 pacote de 200 ml, nata (de bater)
180 gr de coco ralado
5 ovos pequenos
1 lima, pequena
1 colher de chá de fermento em pó (cheia)

Preparação
Pré aqueça o forno a 190ºC.

Na taça da batedeira, junte os ovos, o leite condensado, a nata, e bata em velocidade média por 1 minuto, termine, adicionando a raspa da lima. 
Acrescente o coco e o fermento em pó, bata por mais 30 segundos... e a massa está pronta a utilizar.
Utilize formas de silicone, ou então: unte e polvilhe as forminhas tradicionais.
Pode colocar diretemente nas forminhas de papel, mas a massa tende a  agarrar.

Cinco minutos após colocar o tabuleiro no forno, reduza a temperatura para 170ºC. O tempo de cozedura, varia mediante os fornos. O meu, é muito forte e tenho de a reduzir sempre um pouco. Pelo aspeto e pela cor vá verificando a cozedura +/- 20 minutos.
Para que as suas queijadinhas fiquem douradas e cremosas, a temperatura tem que ser elevada, mas controle a temperatura.








Bom fim de semana para todos vós !!

28 comentários :

  1. olá Rosa quantas historias carregam essas queijadinhas adorei a receita bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  2. São daquelas que eu não conseguia comer só uma! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Elisabete. Beijinhos!

      Excluir
  3. Nunca fiz queijadas, estas e coco agradam-me e muito.
    Ficaram lindas.
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de não levar queijo, fica cremosa e muito boa. Beijinho

      Excluir
  4. Que lindas queijadinhas... perfeitas para experimentar neste fim de semana que está à porta. Obrigada pela partilha.
    Beijinho e bom fim de semana.
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Joana, e bom fim de semana. Beijinho

      Excluir
  5. Oi Rosa
    Apetitosas queijadinhas,gostei também do relato de como surgiu a receita.
    Beijos,que o seu final de semana seja abençoado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria, tenha também um bom fim de semana. Beijinho

      Excluir
    2. Obrigada Maria, tenha também um bom fim de semana. Beijinho

      Excluir
  6. Querida Rosa: mais uma delícia que sai da tua cozinha. Estas queijadinhas devem ser mesmo para amantes de coco ( e aqui em casa tenho vários). Reparei que não levam farinha e no entanto ficam bem altinhas. Com estes ingredientes devem ser deliciosas.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E são mesmo para quem gosta de coco. É mesmo Márcia,
      sem farinha e como ficam ótimas. Beijinhos

      Excluir
  7. Querida Rosa,
    sempre bom passar aqui e ficar a saber mais sobre as nossas tradições!
    Sou perdida por brisas do lis! Acho que são um doce perfeito :D
    E as queijadas de Pereira também adoro! Ainda por cima aqui na minha zona! Uma vez por mês levam-me lá ao trabalho e são tão boas :D
    Quanto às tuas adorei! Estão lindas e devem ser uma verdadeira maravilha!
    Um grande beijinho querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida, sempre serei uma defensora das nossas tradições.
      Temos maravilhas que devem ser trazidas às nossas mesas.
      Obrigada e um beijinho

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. D. Rosa, adoro as partilhas históricas que faz connosco, quanto às queijadas que nos enumera as duas primeiras já tive a felicidade de provar e adorei, sendo que acho que prefiro as D. Amélia. Quanto às últimas duas, que me recorde acho que nunca provei, mas ainda irei provar. :)
    Agora em relação às suas, adoro a conjugação dos ingredientes, ficaram mesmo lindas e apetitosas! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Inês, cada uma com as suas caraterísticas,
      mas deliciosas, e eu sou fã de doces conventuais.
      Obrigada e beijinho

      Excluir
  9. Rosa minha querida,
    Tudo feito com amor fica perfeito!
    Receita e fotos de nos deixar com a boca aberta, tudo maravilhoso!

    Tenha um fim de semana super abençoado junto a sua família!
    Bjs no seu ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo querida Andrea. O amor faz milagres...
      Tenha também um bom fim de semana!
      Obrigada e beijinho.

      Excluir
    2. É assim mesmo querida Andrea. O amor faz milagres...
      Tenha também um bom fim de semana!
      Obrigada e beijinho.

      Excluir
  10. O aspecto destas queijadinhas dá logo vontade de as ir fazer e com coco ainda mais :)
    Beijinhos e bom fim de semana ...
    Guloso qb

    ResponderExcluir
  11. Rosinha cada receita,cada delícia.Bem haja pelas histórias q acompanham a receita.Tenho pena q cá em casa nãogostem,pois eu adoro,estas fazem crescer água na boca,q delícia.bjos

    ResponderExcluir
  12. Querida rosa,
    Aprende-se tanto, tanto neste teu cantinho e por isso e pelas sugestões que sempre nos trazes, adoro visitar-te.
    Estas queijadinhas são uma perdição e vão ser aqui reproduzidas com toda a certeza, pois sou louquinha por tudo o que leva coco. Só tens de me fazer o favor de dizer a quantidade (ml) das natas, pois aqui são diferentes as embalagens e não me lembro quanto pesam essas embalagens aí em Portugal.
    Um beijinho querida,
    Lia

    ResponderExcluir
  13. Oi Rosa querida!
    Fiquei encantada com as suas queijadinhas. Eu amo tudo que leva coco e achei a receita bem fácil. Já levo comigo!
    Hummm, doidinha p/fazer kkk
    Bjssss amiga

    ResponderExcluir
  14. Oi Rosa
    Que bom que gostou do bolo de milharina.O fubá pre-cozido já vem identificado na embalagem.Você também pode utilizar polentina ou milharina.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Ai que bom aspeto...já comia!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir