16 de janeiro de 2013

Molho Branco... um derivado do Molho Bechamel





Esta postagem está anulada por se encontrar desconfigurada.
O novo poste encontra-se aqui.








Vamos começar por alguns molhos derivados do Molho Bechamel



























Com tantas receitas que existem  deste molho, eu quis trazer a que  sempre utilizei e que também é da mesma Autora do Molho Béchamel.

.
Prepara-se o molho Béchamel substituindo o leite , no todo ou em parte, por caldo de carne, peixe ou legumes.

Molho Branco.
Os ingredientes da base são os do Molho Béchamel.

2 colleres de sopa de manteiga (50) g

2 colheres de sopa farinha de trigo (30) g
3 dl de leite
3 dl de caldo, carne, peixe ou legumes... 
sal, pimenta de moinho e noz moscada

Estes caldos poderão ser aproveitamentos da cozedura de outra qualquer confecção. Um caldo preparado para o efeito, ou a água de cozer legumes que pode ser também uma boa opção. Na falta destes, pode utilizar cubos concentrados para caldos. Eu utilizo sempre os caldos Knorr. Normalmente utilizo 1 caldo para 1/2 l de água.


Inicia 
r da mesma forma que para o molho béchamel. No momento de acrescentar os liquido, o primeiro deve ser sempre o leite e depois o caldo escolhido.
Mexa com a vara de arames até à dissolução completa da mistura de farinha e gordura. Tempere, com sal 
pimenta e noz moscada  e deixe cozinhar em lume brando cerca de 10 minutos.
Se por qualquer factor o creme chegou ao final com grumos, com o creme ainda quente passe por um passador de rede. 



O molho branco pode ser utilizado em muitas receitas, beneficiando até de alguma forma por poder ser um creme mais leve e aromatizado a nosso gosto.
A criatividade neste caso pode ser ilimitada... mais ou menos composto... simplesmente cozinhado  ou em deliciosos gratinados. 

  • Na lasanha pode usar o caldo de carne.
  • Numa massa gratinada um caldo de aves ou legumes e acompanhe com queijo. 
  • Num creme para marisco, aqui uso sopa de marisco Knorr.
  • No bacalhau com natas como branqueio o bacalhau, aproveito essa água para o molho.
  • Nos gratinados os molho bem temperado vão fazer toda a diferença. 
  • E em todas as confecções que quisermos e gostarmos.
Os ingredientes que gosto utilizar neste molho.

Natas pasteurizadas
Natas frescas levantadas
Mostarda
Alcaparras
Queijos
Molho Inglês
Maionese

Existem ainda mais algumas variantes do molho béchamel que iremos partilhar mais tarde.  

A palavra sublinhada é a mencionar os aveludados, cremes suaves e mais sofisticados. Mas 
também haveremos de os experimentar.





























7 comentários :

  1. Gostei muito. Muito bem explicadinho.

    Beijinhos;

    Aurea Sá

    ResponderExcluir
  2. Boa dica, vou experimentar esta receita de molho branco em breve.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Querida Rosa,

    Adoro este tipo de publicações onde se explicam as bases de outras confecções, e que por vezes caem no esquecimento por se assumir que toda a gente sabe...
    Também estou a pensar fazer umas publicações deste género ! :)

    As fotos estão lindas e adorei esta publicação !

    Beijinhos grandes a Ti e à Filipa

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Amiga Rosa.
    Obrigada pela sua visita.
    Espero que já esteja tudo bem com a sua menina.
    Está muito boa a explicação da confeção deste molho...uma verdadeira aula.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Nunca fiz mas é bem simples.
    Bom fim de semana
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Rosa,

    Espero que esteja tudo bem com a pequena. Este ano as viroses estão mais agressivas e todo o cuidado é pouco. Eu que o diga, desde novembro que estou a meio gás e ainda não me livrei de uma já apanhei outra.
    Adorei a explicação da receita.

    Bjnhos e um domingo maravilhoso.

    http://saborescomtempo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

  7. Obrigada amigas!

    A fico feliz com pela companhia.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...