1 de julho de 2014

Lulas Deliciosas





Hoje trago mais uma receita, daquele caderno de folhas amareladas... É uma receita com lulas e uma das minhas preferidas. Estava ainda em Lourenço Marques (Maputo). Casada e recém-chegada às  tarefas culinárias... Mas, desejosa de agradar e de testar novos sabores. Quando preparei esta receita... fez sucesso!

Após quatro décadas, ganhei mais uma fã que se deliciou com as Lulas Deliciosas! Estes búzios, são dela, e para mim guardam  histórias... que se tornaram valiosas por jamais se repetirem.




Nas férias, tinha o privilégio de desfrutar da companhia das minhas netas. Há dez anos, começámos a ir muitas vezes para a praia... Brincar! Tomar banho estava proibido... Na zona que ficávamos e para quem conhece, é a praia de Lavadoros. Praia de mar, com ondulação e corrente a pedir precaução, e a água é gelada.

A praia é bonita e sulcada de grandes rochas e pedras gigantescas, também em certas áreas a areia fica coberta de pedras pequenas polidas, com conchas e os búzios. E, foi assim que começou a coleção de buzios da minha neta mais velha. Passávamos horas em redor desses rochedos para ver quem apanhava mais búzios.





Também procurávamos pedras de cores e formatos originais, para decorar um espaço, um pisa papéis e também para serem pintadas, como algumas que aqui já trouxe em várias postagens. Corria-mos na areia, saltitava-mos na rebentação e, como não podia faltar... areia molhada, forminhas de plástico e era ver quem fazia maior quantidade e mais perfeitas...

Fiz ontem para o almoço as lulas  e a minha neta, agora com catorze anos, já não apanha búzios... mas, adorou as lulas!!



Para participar nesta edição do Dia Um... Na Cozinha, quis trazer uma receita que para a época já se considerava sofisticada...

Presentemente, pode ser considerada, de simplicidade... Mas que em nada perdeu, o seu delicioso Sabor...




Ingredientes   

1  kg de lulas limpas e cortadas em argolas grossas
 250 g de cebola limpa e bem picadinha
2  dentes de alho
1,5 dl de azeite
1  folha de loura pequena
2 dl de vinho branco  
2 dl de leite 
1  gema de ovo, classe L
1  colher de sopa de farinha de trigo, +/-  15 g
1  colher de sopa de margarina, +/-  20 g
1  raminho de salsa
sal 

Preparação

Refogar a cebola no azeite,  junte os alhos esmagados e a folha de louro e polvilhe com um pouco de sal e alguns pés de salsa atados. Deve ficar um pouco mais apurada alourando levemente as extremidades da cebola. Aumentar a intensidade do lume, estando a gordura bem quente, juntar de imediato as lulas bem escorridas e envolver bem, não leva mais sal. Baixe a temperatura para médio. Tem que ir verificando a cozedura. 

A lula se for fresca, sem duvida que fará um prato de sabor mais intenso, mas também há lula congelada com qualidade. Não tenho hábito de cozinhar as argolas grandes já cortadas, daí não poder dar tempos mais concretos. 
Se a lula for média e tenra, será +/- 30 a 40 minutos, assim 20 minutos após a lula começar a fervilhar, adiciona-se o vinho branco, que é a meio da cozedura.

Quando as lulas estão tenras retire-as do lume. A etapa seguinte só se inicia quando tudo estiver pronto para levar à mesa. Deite a gema (a temperatura ambiente) no copo do leite e com um garfo dissolva bem a gema no leite e reserve. leve ao lume a manteiga, deixe derreter e adicione a farinha, envolva e deixe ferver levemente  e vá mexendo para ganhar cor. 

Leve a panela ao lume e aqueça bem, adicione o leite com a gema bem batida, envolva bem e mantendo sem levantar fervura. Temos já o leite e gema na panela só falta acrescentar a ultima preparação, estando  com tom de  canela deita-se de imediato sobre as lulas. Após esta adição, vai fazer uma pequena efervescência e com o lume muito moderado mexa envolvendo bem. Quando aparecer o inicio da fervura, retire de imediato do lume e verta para a travessa, salpique de salsa  finamente picada. Após a adição da gema não deve ferver para não alterar a textura aveludada do molho.

O Cesto do tesouro!



Outono de 2005. Também fora da época de férias, nos divertia-mos nas areias!





21 comentários :

  1. Adoro esta sugestão e que bem empratado foi. Parabéns Rosa.
    A olhar para esse cestinho recordo-me de como comecei a minha coleção de búzios. Comecei também eu com a minha avó a apanhar búzios na prainha e hoje tenho uma enorme coleção de búzios. Alguns comprados(a maioria), mas ainda tenho búzios que apanhei com a minha querida e amada avó.

    Aposto que vão ser colecionadoras como eu. ;)

    Beijinhos,

    Aurea Neves

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito de lulas e estas têm um ar muito apetitoso. Gosto ainda mais de ler as histórias que estão por detrás da comida. Cozinhar é muito mais do que pôr qualquer coisa na mesa para comer.

    Beijinhos, Paula

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga Rosa, antes de qualquer coisa, adorei a sua foto com seus netos, que gostosas essa lembranças, que marcam nossa alma e coração através de pratos que fazemos com tanta dedicação e nos alegra quando vemos as carinhas de aprovação. São recordações que jamais esqueceremos não é? Adoro seus textos, seus pratos, adoro você amiga, uma pessoa maravilhosa que infelizmente não tive a alegria de conhecer pessoalmente, mas tive a bênção de tê-la como amiga mesmo com a grande imensidão do mar que nos separa. Adorei seu prato, gosto demais de lulas, e receitas guardadas com carinho, são sempre as melhores Bela participação. Beijinhos e obrigada sempre por seu carinho

    ResponderExcluir
  4. oi Rosa deliciosa receita e a foto com as netas está linda bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  5. Querida Rosa: como sempre adorei fazer esta "viagem" ao passado que sabes partilhar como ninguém. Tão bom esse tempo vivido com as tuas netas, pois de certeza, que não vão esquecer. Quanto ao prato parece delicioso, como tudo o que fazes.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  6. Parece um prato mesmo saboroso

    ResponderExcluir
  7. Excelente ideia! Ficou bem apetitoso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Tantas recordações maravilhosas, não é? :)
    Também adoro estas lulas cremosas!! Ficaram com um aspecto delicioso :)

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  9. Rosa as suas lulas ficaram uma delicia e muito bem acompanhadas
    bj

    ResponderExcluir
  10. Rosa,
    parabéns pelas netas e a foto está fantástica :)
    Nós sabemos que não nos esquece Rosa :)
    Um pratinho com recordações tem uma riqueza inigualável e só isso nos faz bem a alma.
    Adoro lulas e estas estão tão apetitosas com um molhinho perfeito para um pão saloio :)
    parabéns pela sua participação

    ResponderExcluir
  11. Olá :)....
    Magnifico aspecto e excelente sugestão ;)..... Adoro adoro :D....
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  12. Que deliciosas devem ser essas lulas, Rosa! E que belas memórias te devem trazer esses búzios... As tuas netas são lindas!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Pode acrescentar mais uma fã à sua lista. Adora as lulas assim. bjs carla sousa

    ResponderExcluir
  14. Rosa minha querida,
    adoro suas receitas e seus relatos!
    Esse prato ficou lindo, rico e o melhor irresistível!
    As fotos estão lindas, bom d+, vê-la feliz com suas netinhas!

    Bjs, que Deus abençoe sempre vc e sua família ♥

    ResponderExcluir
  15. Excelente sugestão.Adoro lulas e esta receita encheu-me as medidas. beijinhos
    http://nacozinhadasara.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. amiga adoro este pratinho ele esta 5* adoro lulas hummmmm bjs bs tudo de bom para ti

    ResponderExcluir
  17. Gosto tanto, excelente escolha!

    ResponderExcluir
  18. Rosa querida,

    Uma publicação cheia do habitual brilho que sempre encontro por aqui, quando te visito ! :)
    Linda a foto, com as tuas meninas encantadoras! :)
    Lindo o cestinho, com memórias de inestimável valor ! :)
    Belíssimas as lulas que nos trouxeste, com uma apresentação primorosa e com sabores que conheço, pois faço umas lulas estufadas parecidas com as tuas, com toques diferentes.
    Obrigada, minha amiga, por uma vez mais estares connosco ! :)
    Uma grande beijoca para Ti ! :)

    Isabel

    ResponderExcluir
  19. Que post delicioso... adorei as lulas (e já guardei a receita), mas a história que a acompanha é também deliciosa!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Queridas seguidoras e amigas!
    As palavras generosas que aqui me deixam, são o tributo que qualquer de nós gosta de receber ao partilhar seus conhecimentos. E são o alento para eu continuar, nesta blogesfera algo conturbada. Obrigada a todos e um beijinho grande.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Rosa,
    Ainda não tenho o prazer de ser avó, gostei muito do texto e da fotografia com as suas netas, lindas (a avó e as netas).
    Gosto muito de lulas e comi muito quando estive em Portugal pois a qualidade e preço aí são muito convidativas.
    Boa semana, beijos,
    Vânia

    ResponderExcluir