12 de maio de 2016

Cabrito Assado com Alho Francês





Como já não trago assados há algum tempo, hoje escolhi... uma das das tradições da nossa astronomia portuguesa. E durante décadas fui fiel ao tempero tradicional. 
Mas, mudam-se os tempos, e mudam-se as vontades... e assim fui alterando, experimentando, e presentemente é esta a receita que utilizo e que faz sucesso.




Gostamos muito da carne de cabrito, seja qual a forma de a preparar. Mas, a assado no forno é a eleita.
Anteriormente temperava-o da forma mais tradicional, onde o colorau, vinho branco e banha, eram os protagonistas principais do tempero.
Presentemente não utilizo colorau, e vinho, só não existindo alternativa.
O colorau, substituí por pimento vermelho fresco (aqui não utilizo a conserva de pimento) e o vinho, por vinagre balsâmico biológico (ou outro, mas de muito boa qualidade). A banha é também substituída por azeite. O alho francês liga na perfeição com a carne de cabrito e é um aliado de valor.
Este cabrito que usei pesava 8 kg. Para assar escolho a pá e a perna, e ainda posso usar também a costela inteira sem cortes, para não secar. 
O Tomilho seco tem um aroma forte, convém usar com moderação na cozedura. Após retirar do forno e ainda em quente pode "abusar"...


   

Ingredientes para:

2 kg de carne
2 alhos franceses médios (só a parte branca), cortado ao meio, no sentido do comprimento
1/2 pimento vermelho, médio
6 destes de alho, grandes
4 folhas de louro
2 dl de azeite
3 colheres de sopa de vinagre balsâmico, Biológico, do El Corte Inglés
3 dl de caldo de carne 
7 a 8 pés de salsa, grandes
4 malaguetas, vermelhas e verdes
Tomilho seco
sal q. b.
Salsa para salpicar na travessa

Pão de mistura para acompanhar

Preparação

Pré aqueça o forno a 170ºC.
Prepare as peças de carne que vai assar ou peça que o talhante as prepare. A carne deve estar bem refrigerada quando a temperar, e se necessário, seque com um pano para o tempero aderir bem à carne.
Eu coloco no copo da varinha mágica, porque são poucas as quantidades, os alhos, o pimento em pequenos pedaços, o sal, o vinagre balsâmico, o azeite e trituro até obter uma pasta cremosa. 
Na assadeira que vai levar ao forno, coloque no fundo a salsa, o louro, a carne e tempere com o preparado que triturou. Disponha na forma e rodeia em volta e a meio com os pedaços de alho francês as malaguetas abertas ao comprido e louro. Salpique com o tomilho seco e reserve no frio 4 a 5 horas ,tapado com folha de alumínio.
Retire do frio 1 a 1,30 horas, antes de levar ao forno. 
Vamos falar do caldo de carne. Se já o tiver preparado, ótimo. Caso contrário, pode optar por caldo instantâneo (knorr ou outro). Dissolva o caldo em pouca água quente e adicione, pedaços de salsa, 2 folhas de louro partidas e 1 alho esmagado com casca. Acrescente a restante água, mas fria e reserve.
Coloque a carne no forno e deixe alourar lentamente. Regue com um pouco de caldo de carne e vire a carne para alourar igualmente do lado oposto. De meia em meia hora regue a carne com uma pequena concha  de caldo e seguidamente com a calda da assadeira. Se estiver a alourar em demasia cubra com a folha de alumínio.
A função do caldo de carne ser frio, é para provocar um arrefecimento na carne e não ser tão prejudicial para a nossa saúde. Os assados que não ultrapassem os 160 a 170ºC são mais saudáveis.

  


O cabrito assado deve ser sempre acompanhado de um bom pão de mistura. Seria uma falta imperdoável a sua ausência :)




Estas batatas douradas, são da receita das Batatas da Avó.

Gosto de juntar também algumas Echalotes, mas como não tinha, usei mesmo cebolinha nova e pequena.





 Preparação e conserva de malagueta.

13 comentários :

  1. Este ano ainda não comi cabrito e esse está para lá de bom! Abriu-me o apetite! Beijinho

    ResponderExcluir
  2. D. Rosa, o cabrito tem tão bom aspecto que até eu que não como desta carne fico com vontade de experimentar. Beijinhos e um bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Querida Rosa: este assado está com um aspeto incrível! Uma autentica iguaria tradicional "vestida" com uma roupagem mais leve e atual. Estava a olhar para o belo pão ( que imaginava a mergulhar no molho) e já lia a tua descrição: era mesmo imperdoável não o ter a acompanhar este belo prato.

    Amiga: hoje,no meu blog, partilhei uma receita tua que foi muito apreciada.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Esta receita fez-me viajar até ao meu querido alentejo onde se come tão bom cabrito... Estas fotos estão de babar...
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Querida Rosa, esse cabrito está com um aspecto fabuloso! Esse tempero é muito original, deve ficar delicioso!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Rosa adoro cabrito assado e esse esta mesmo uma maravilha
    Fiquei com água na boca.
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  7. Rosa minha querida,
    Esse tipo de carne tem que ser bem temperada e assada, pelo menos ao meu paladar.
    Cabrito e cordeiro, são carne especiais, aqui na minha cidade são vendidas a preço de ouro.
    A tua receita está preciosa e as fotos também!
    Parabéns pelo capricho, você é nota 10!

    Beijos, ótimo fim de semana! ♥

    ResponderExcluir
  8. Adorei a forma como prepara o cabritinho. Acho que aprendi os seus segredos.
    Obrigada, amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Querida Rosa,
    Eu também adoro carne de cabrito e até borrego, desde que bem cozinhado.
    É das carnes que me trazem memórias de infância e o cabrito assado da minha avó, no forno a lenha, onde fazia a broa de milho e onde o cabrito era colocado sobre uma grelha e por baixo desta, o arroz no tacho de barro de Bisalhães...
    Enfim..., bons tempos e grandes memórias...
    Adorei esta tua adição do alho francês.
    Um beijinho querida,
    Lia

    ResponderExcluir
  10. Oi Rosa!
    Os seu pratos são maravilhosos, que delicia esta carne de cabrito, adoro, fiquei aqui só imaginando o sabor hummmmmm!
    Ótima semana, bjs!

    ResponderExcluir
  11. Amigas queridas, agradeço cada palavra que aqui deixam e faz muito
    feliz. Beijinhos para cada uma.

    ResponderExcluir
  12. Que bom aspeto...até já me deu fome!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. Não sou a maior fã de cabrito, mas esse acho que comeria de bom grado! Deve ter ficado tão saboroso :D

    ResponderExcluir